Apostar na gestão eficiente de recursos através de projetos de economia circular, garantindo a utilização e a preservação consciente e responsável dos recursos.


Economia Circular

Reduzir, reutilizar, recuperar e reciclar materiais ou energia. Este é um dos conceitos-base da economia circular que a Altri está a explorar em várias unidades do Grupo.

A Altri, enquanto criadora de produtos renováveis, aplica a economia circular ao longo de toda a sua cadeia de valor – desde as suas florestas geridas de forma sustentável, passando pelo processo de produção das pastas de celulose até à forma como reutiliza todos os subprodutos.


1. Recursos renováveis

A Altri utiliza madeira produzida em florestas geridas de forma sustentável. A biomassa florestar residual é valorizada energeticamente nas caldeiras a biomassa.

2. Operações responsáveis

A Altri opera por forma a obter a máxima eficiência operacional nas suas unidades industriais, reduzindo o seu impacte ambiental e social.

3. Produtos sustentáveis

Todos os seus produtos são sustentáveis, renováveis e biodegradáveis.

4. Utilizações dos produtos

A Altri defende a utilização responsável dos produtos, evitando desperdícios e promovendo a sua valorização.

5. Circularidade no fim de vida

Quando já não é possível reutilizar ou reciclar, os produtos de base florestal são valorizados energeticamente substituindo os combustíveis de origem fóssil.

Gestão ambiental das unidades industriais

Todas as unidades industriais de produção de pasta de papel e energia cumprem os limites definidos nos seus Títulos Únicos Ambientais (TUA), em linha com o preconizado nas Melhores Técnicas Disponíveis (MTD), dos documentos de referência da União Europeia.

O aumento dos resíduos produzidos na atividade de produção de energia na GREENVOLT, está relacionado com a entrada em operação em julho de 2019 da central da Sociedade Bioelétrica do Mondego.

A principal matéria-prima utilizada pela Altri no processo de fabrico de pasta de papel e solúvel é a madeira, proveniente de plantações geridas de forma sustentável. As matérias não renováveis utilizadas, que representam os restantes 4%, são produtos químicos como soda cáustica, o peróxido de hidrogénio, o ácido sulfúrico e o clorato de sódio.

Na Altri, cerca de 96% das matérias-primas utilizadas são renováveis



Destino de resíduos processuais produzidos nos processos de produção de pasta e energia.