COP26: Altri reforça compromisso 2030

COP26: Altri reforça compromisso 2030

A Altri definiu quatro vetores estratégicos de desenvolvimento futuro em que se centrará a sua atividade, bem como a definição dos seus investimentos. Desenvolver e valorizar a Floresta, apostar na excelência operacional e na inovação tecnológica, valorizar as pessoas e afirmar a sustentabilidade como fator de competitividade constituem os eixos definidos. 


Entre os objetivos definidos no “Compromisso 2030” estão a redução do uso de água em 50%, ou seja atingir em 2030, o uso de apenas 10 m3 de água por tonelada de pasta produzida, reduzindo igualmente a carga orgânica nos seus efluentes industriais em 60%. No contexto do consumo de energia, o objetivo passa por aumentar em 60% a injeção de energia renovável na rede elétrica nacional, atingindo os 1000 GWh, e alcançando os 100% de energia renovável no consumo primário de energia nas suas unidades industriais.


Ao nível dos resíduos, o objetivo da companhia passa por ter 100% dos residuais processuais valorizados ou reutilizados, pela redução de 60% das emissões específicas de Gases de Efeito de Estufa (GEE) e reduzir ainda em 30% as emissões de âmbito 3 (kgCO2/tSA).


No que diz respeito à floresta e à madeira, a Altri estabeleceu igualmente objetivos ambiciosos, tendo em conta que tem sob gestão mais de 86 mil hectares de floresta. Assim, em 2030, a empresa quer aumentar em 40% a percentagem de consumo de madeira com certificação, atingindo nesse ano a meta de 80%, bem como duplicar para 16.000 hectares a área sob gestão destinada à conservação e desenvolver 13 estações de biodiversidade e biospots.


No que diz respeito às pessoas e à diversidade, a Companhia estabelecer como meta duplicar o número de mulheres em funções de liderança e caminhar no sentido de atingir zero acidentes com dias perdidos.


play_arrow